Brasil

Prefeitura de Ribeirão Preto, SP, anuncia troca de 42 km de redes de água ao custo de R$ 13 milhões

Obras em quatro bairros serão feitas com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II), do governo federal. Segundo Daerp, serviço faz parte de plano para reduzir vazamentos.

13/09/2018 por Por G1 Ribeirão Preto e Franca

A Prefeitura de Ribeirão Preto (SP) abriu licitação para a troca de 42 quilômetros de redes de água em quatro bairros da cidade. As obras estão orçadas em 13,8 milhões e os recursos são provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II), do governo federal, por meio do programa 'Saneamento para Todos'. As empresas interessadas têm até o dia 29 de outubro para a entrega das propostas. A previsão é que os trabalhos sejam concluídos em 12 meses.

Segundo o Departamento de Água e Esgoto (Daerp), redes antigas serão substituídas no Jardim São Luiz, Campos Elíseos, Jardim Macedo e Jardim Recreio. As estruturas obsoletas são uma das principais responsáveis pelos vazamentos, que correspondem a 60% das perdas registradas no município. O plano é reduzir o problema no sistema para 30% até 2021.

Além do desabastecimento relatado por moradores, os vazamentos despertam preocupação por causa do Aquífero Guarani. Toda a água potável usada em Ribeirão Preto é retirada dele e o desperdício é um alerta às autoridades.

A maior parte do serviço anunciado será concentrada nos Campos Elíseos, na Zona Norte, com a substituição de 15,9 quilômetros de rede. No Jardim São Luiz, na Zona Sul da cidade, as redes instaladas ainda são de amianto. O produto foi proibido pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em novembro de 2017, por causa dos riscos à saúde.

De acordo com o superintendente Afonso Reis Duarte, os trabalhos estão previstos dentro do projeto de setorização elaborado pelo Daerp. O plano abrange investimentos totais de R$ 83.523.974,00 na implantação de 56 setores de abastecimento na cidade. Segundo o Daerp, as melhorias vão permitir que o abastecimento passe a ser feito 100% dos reservatórios para a rede.

Apesar da dimensão, o Daerp informou que não será necessário abrir as ruas em cerca de 95% da obra, o que deve causar menos transtornos. Atualmente, o departamento realiza a troca da tubulação de esgoto na Avenida Jerônimo Gonçalves, na região central, e um trecho da via precisou ser interditado para o serviço.


Fonte: https://g1.globo.com

Tags: prefeitura de ribeirão preto - sp - anuncia troca de 42 km de redes de água ao custo de r$ 13 milhões