Soluções existem.

Todo caos começa de um de pequeno deslize

Duros enfrentamentos só acontecem com cúmplices.

20/08/2018 por Por Raul Rodrigues

Li, mas não vivi a cassação de Getúlio Vargas, e depois li e assisti a vários documentários sobre o seu suicídio – até que provem o contrário – e dentro da esfera política tudo começou de um pequeno engasgo com o parlamento, parte dele, em especial com Carlos Lacerda.

Acompanhei e pude ler muito sobre o impeachment do ex-presidente Fernando Collor e de tudo que assisti com depoimentos de pessoas importantes sobre o caso – inclusive do próprio Collor – podemos afirmar que tudo começou de um pequeno deslize ou equivoco. Em política os pequenos detalhes tornam-se verdadeiros abismos. Tudo começa pela simples falta de freio no primeiro instante.

Li e assisti a tudo o que me foi possível sobre o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e concluo da mesma maneira de que tudo começou de um pequeno deslize. Até porque em política quem não faz vê ao outro fazer. É a regra máxima da Cortina de Fogo que cerca o ambiente político.

Nas literaturas do resto do mundo em todos os episódios dessa natureza um pequeno detalhe gerou o deslize primário.

Como em política ninguém anda limpo, o melhor mesmo é se evitar os sucessivos escândalos com complicadas decisões finais.

E como diz minha sogra Dona Marina, entendam como quiserem!  
 


Fonte: correiodoppovo-al.com.br

Tags: todo caos começa de um de pequeno deslize