Aguardemos cartas

Confronto da liberdade de votar em Alagoas será divisor de águas.

Resultados das urnas irão discernir artigo como certo ou errado.

27/07/2018 por Por Raul Rodrigues

É fato e acima disso, constatação que em Alagoas os maiores partidos estarão ao desserviço nas escolhas para apoios aos candidatos a presidente da república. O MDB dos Calheiros irá marchar segundo os acordos pré-nupciais com quem Renan Pai decidir. E ele quer Lula, mas Lula não vai. Aliás, “ele não vai não”!

O PSDB dos juntos e misturados estará também ao desserviço de fingir oposição local prometendo apoiar ao candidato do partido, Geraldo Alckmin, sabendo que o povo chama a este candidato de “picolé de chuchu”.

Os demais partidos em Alagoas são meros partícipes da sopa das letrinhas. Não têm expressões políticas com densidade eleitoral sequer para uma disputa pelo senado, quanto mais para o governo do estado ou apoiar a nomes para presidente da república.

E por último, a maior mobilização espontânea é em trono do nome de Bolsonaro. Se Bolsonaro for pelo menos o segundo colocado, Alagoas está sim sem liderança política.

Mesmo respeitando-se o poder de exumação partidária dos Calheiros. 


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: confronto da liberdade de votar em alagoas será divisor de águas.