publicidade

notícias

16.04.2018 - 13:49   por Por Raul Rodrigues

O quanto custa organizar uma feira livre? Para a prefeitura é só querer!

Se houvesse custo para a prefeitura, mesmo assim teria que ser feito em nome do povo.

A Feira Livre de Penedo que vem sendo discutida por diversas vezes na imprensa local, na câmara de vereadores e em reuniões com a administração municipal, esta última que vive de reunião em reunião, tem dado mostras que é possível sim se organizar, ordenar e fiscalizar a localidade sem grandes custos para a prefeitura, e com grandes benefícios para a população usuária do comércio típico da história de Penedo.

Como virou uma praxe da minha esposa me mandar comprar alguns alimentos nos dias de sábado, tenho acompanhado o desenrolar da feira livre entre altos e baixos. Melhoras ou redução da qualidade de como são oferecidas as mercadorias naquele ambiente próprio de quem gosta de viver uma das realidades das cidades com tradições.

E nos últimos finais de semana, pude perceber que a feira livre da região da Praça Costa e Silva continua desorganizada – a parte das barracas – e a Rua Campos Teixeira – a Cajazeiras – ganhou novas bancas e melhores contornos para os transeuntes – pedestres – que circulam naquela parte da feira. Somente os carros de mãos continuam disputando espaço com bicicletas – estas últimas citadas raramente – entre os amantes da feira livre.

As mercadorias estão melhores estocadas e apresentadas, facilitando a vida de todos. Quem vende quem compra e quem transita em meio à feira livre de Penedo.

Custo desse beneficio? ZERO para a prefeitura e preços módicos para quem aluga as bancas.

Administrar não requer somente recursos. Ideias também.
 


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: o quanto custa organizar uma feira livre? para a prefeitura é só querer!

galeria de fotos

comentários

deixe seu comentário

publicidade

facebook

@correiodopovoal

Correio do Povo Alagoas © 2012. Todos os direitos reservados