7% MENOS

Compra coletiva no atacado é saída para economizar

A economia chega aos 7% e as condições de tendimento são melhoradas

15/04/2018 por Marcela Marcos

A comerciante Lilian Cancian, 41 anos, é cliente fiel do Maxxi Atacado, que pertence ao Walmart.

Como tem uma pizzaria, ela faz compras duas vezes por semana na unidade de Diadema (Grande São Paulo), mas mantém a prática de comprar por atacado mesmo quando precisa de produtos para uso próprio.

"Compro de tudo, principalmente leite condensado, creme de leite, chocolate, suco de caixinha e óleo", afirma ela.

Como tem um cartão da loja e sempre está a par das ofertas, Lilian já levou produtos para os vizinhos e, com frequência, também divide os itens do carrinho com a família.

"Quando a compra é para a família, faço questão de pagar tudo, mas quando reúno a vizinhança, pago no meu cartão (do Maxxi Atacado) e, depois, eles me dão o dinheiro", explica.

A prática adotada por Lilian com vizinhos e familiares tem sido a saída que alguns brasileiros encontram para salvar o orçamento doméstico na crise.

Segundo pesquisa da Kantar Worldpanel, as redes de atacado têm preços 7% menores.


Fonte: agora.uol.com.br

Tags: compra coletiva no atacado é saída para economizar