publicidade

notícias

13.04.2018 - 19:42   por Por Raul Rodrigues

Pulverização de candidaturas pode levar ao 2º Turno nomes indesejados pelo povo

Em um país das condições do Brasil o máximo de quatro partidos seria o ideal.

A notícia que percorre as redes sociais na data desta sexta-feira, 13, é de o número de pré-candidatos para presidente da república chegar a trinta nomes. O que é um absurdo diante das prerrogativas legais para que um partido registre uma candidatura. Plano de governo seria uma delas, o que gera uma repetição entre a maioria ou a discrepante visão de tantos sobre um mesmo país.

Mas isto é apenas um engodo para que se engane mais uma vez ao povo brasileiro. E isto nós provamos.

Se tivermos trinta candidatos a divisão dos votos irá gerar uma espécie segregação eleitoral permitindo que as classes dominantes mais uma vez venham a ocuparem o mais alto posto de governança do Brasil. As minorias já estariam fora como sempre ficarão.

Todavia a parafernália com tantos candidatos poderia ser também a estratégia ou estratagema para ao final do 1º Turno a grande negociação por entre os derrotados viesse a definir o vencedor em 2º Turno não pela vontade do povo livre e soberano, entretanto pelos conchavos tão dos antigos currais eleitorais a serviço dos falsos líderes, e desserviço do povo. Aí teríamos a disputa sincronizada qual caixa de marcha bem lubrificada pelos “óleos de Lorenzo” sempre medidos pelo abandono aos menos votados, e prioridade aos votos decisivos independente de onde venham e por meio de quem vem. É a putrefação dos partidos nanicos dentro de uma democracia mal copiada.

A pluralidade das opiniões inconsequentes e incoerentes – sem a devida politização – nos leva ao submundo da politicagem onde a grande prejudicada é mesma massa de um povo marcado, povo feliz!

E complementando, vida de gado seria a nossa luz no fim do túnel. 
 


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: pulverização de candidaturas pode levar ao 2º turno nomes indesejados pelo povo

comentários

deixe seu comentário

publicidade

facebook

@correiodopovoal

Correio do Povo Alagoas © 2012. Todos os direitos reservados