publicidade

notícias

13.04.2018 - 20:43   por Redação

Governo de Alagoas propõe aumento de 6%, mas militares não aceitam

De acordo com a Seplag, a proposta de reajuste que foi apresentada funcionava da seguinte forma: 3% em 2019; 1,5% em 2020 e 1,5% em 2021

O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), apresentou, na tarde desta sexta-feira (13), durante reunião com as associações militares de Alagoas, a proposta de reajuste salarial para a categoria da ordem de 6%, que não foi aceita pelos militares.


"Posso adiantar rapidamente que a categoria recusou a proposta, já foi descartada, e seguimos neste momento discutindo em reunião uma nova situação", destacou o Cabo Wellington, presidente da Associação de Cabos e Soldados.

De acordo com a Seplag, a proposta de reajuste que foi apresentada funcionava da seguinte forma: 3% em 2019; 1,5% em 2020 e 1,5% em 2021. O secretário de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabrício Marques, explicou que qualquer reajuste acima disso colocaria as finanças do Estado em risco, forçando-o a descumprir o acordo firmado com a União para o prolongamento do pagamento do serviço da dívida pública de Alagoas.

A reunião desta sexta-feira está sendo realizada na Unidade Gestão da Seplag e prossegue com a presença de representantes da cúpula da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), da Fazenda (Sefaz) e Seplag.


Fonte: tnh1 - Com Agência Alagoas

Tags: governo de alagoas propõe aumento de 6% - mas militares não aceitam

comentários

deixe seu comentário

publicidade

facebook

@correiodopovoal

Correio do Povo Alagoas © 2012. Todos os direitos reservados