FPI apreende animais em residência do Bispo

Em resposta à ação da FPI e supervalorização do fato, Dom Valério faz suas ponderações

FPI apreende dois tucanos na residência do bispo da Diocese de Penedo

09/03/2018 por Por Raul Rodrigues

Na manhã desta sexta-feira, 09 de março, a Fiscalização Preventiva Integrada – FPI São Francisco, desencadeou mais uma operação na cidade de Penedo para combater a domesticação ilegal de animais da fauna brasileira. Membros da Equipe Fauna receberam uma denúncia que na residência do bispo Dom Valério Breda, existia animais silvestres mantidos em viveiro ilegal.

Animais já estão na base da Fauna recebendo todos os cuidados de veterinários e biólogos.
Após a chegada dos agentes, os mesmos receberam autorização para adentrar no interior da casa e lá constataram que existiam dois tucanos da espécime (Tucano Grande do Papo Branco). Foi perguntado ao proprietário se o mesmo possuía registro desses bichos, porém os agentes constataram que não havia, devido a isso os animais foram apreendidos pela FPI e o proprietário recebeu ainda uma multa de R$43.000,00 e ainda assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência – TCO pelo crime ambiental de manter animais da fauna silvestre. Além dos tucanos, havia num total 9 animais da fauna brasileira que também foram apreendidos.

Os tucanos foram levados rapidamente para a base da Fauna onde estão nesse momento recebendo todos os cuidados de veterinários e biólogos. Eles serão encaminhados para o Centro de Triagem de Animais Silvestres – CETAS e lá deverão passar por uma readaptação antes de serem libertados para a natureza. Há fortes indícios que estes animais foram obtidos por tráfico ilegal de animais.

A Fiscalização Preventiva Integrada – FPI São Francisco está na 8ª edição na cidade de Penedo. Mais de 20 órgãos ambientais federais e estaduais compõem este programa que visa combater irregularidade em municípios da bacia do Rio São Francisco. A coordenação está sob responsabilidade do Ministério Público Estadual e também do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco – CBHSF.

ENTREGA VOLUNTÁRIA

Caso você possua qualquer animal da fauna silvestre, como: passarinhos da espécime Sabiá, Cabeço, Papa-Capim, Azulão…entre outros, além de cágados, jabutis, teju, cutia e etc, podem ser entregues na sede do MP/AL em Penedo que fica na Av. Cândido Toledo, 321, Santa Luzia. Fazendo essa entrega você fica isento de ser multado e processado na justiça.

Resposta de Dom Valério

O Bispo da Diocese de Penedo-Al, cidade do litoral Sul de Alagoas, limítrofe com o vizinho estado de Sergipe, Dom Valério Breda falou à redação do Correio do Povo de Alagoas que os pássaros e animais silvestres encontrados na residência oficial do Pastor da igreja Católica em Penedo, tratam-se de animais dados como presentes ao Bispo que nunca os recusou por respeito à delicadeza das pessoas que se dignam ofertá-lo como forma de demonstração de carinho pelo religioso.

Que também nunca foi fato escondido da população, pois todos que visitam a residência oficial do Bispo já tinham visto esses animais, que por sinal foram até hoje muito bem tratados, tanto pela condição diferenciada da área destinada aos mesmos, quase uma reserva ambiental, como também por possuírem uma pessoa responsável pela manutenção de alimentos e limpeza.

Que o Pastor maior da igreja Católica da região, tem pleno conhecimento do respeito às leis, e por isso mesmo, não ofereceu nenhum tipo de resistência quanto à retirada dos pássaros e animais da sua residência, salientando que os membros da FPI também foram de estrema atenção e respeito para com o Bispo e seus auxiliares.

Que irá cumprir o pagamento da multa – um tanto quanto salgada – para permanecer dos seus plenos direitos de cidadão.

Dom Valério só não entende a grande publicidade que está se dando ao fato nas mídias locais e estadual. 


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: em resposta à ação da fpi e supervalorização do fato - dom valério faz suas ponderações

Galeria de fotos