ESTAVA FORAGIDO

Número 1 do PCC fora dos presídios é morto no Ceará

Foi morto junto a comparsa de mesma facção e alto nível de periculosidade

19/02/2018 por Redação

Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, e Fabiano Alves de Souza, o Paca, foragidos da Justiça de São Paulo e até então considerados as principais vozes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) fora dos presídios, foram mortos a tiros na quinta-feira em uma suposta emboscada numa reserva indígena no Ceará. Os assassinatos foram confirmados ontem.

Segundo o Ministério Público, atualmente, Gegê do Mangue era o número três na escala da chefia do PCC, abaixo de Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, recluso na Penitenciária 2 de Presidente Venceslau. Gegê era considerado o número 1 fora dos presídios.

Segundo o promotor Lincoln Gakiya, do Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado), os dois homens foram mortos em uma área de reserva indígena em Aquiraz. "Os moradores relatam que uma aeronave foi usada na ação. Um helicóptero teria efetuado voos em baixa atitude e os ocupantes efetuados disparos. O fato se deu na quinta-feira. Os corpos foram encontrados de sexta-feira para sábado", explicou.


Fonte: agora.uol.com.br

Tags: número 1 do pcc fora dos presídios é morto no ceará