VIVA BEM

Automedicação de fim de ano é perigosa e pode piorar sintomas

Automedicação é um dos erros mais comuns entre as pessoas

24/12/2017 por Jéssica Lima

As comemorações do fim de ano, muitas vezes, são acompanhadas de excessos com alimentação e bebida.

Azia, má digestão, vômito, diarreia e a dor de cabeça causada pela indesejada ressaca são sintomas comuns, o que leva a um hábito perigoso: a automedicação.

Segundo o Ministério da Saúde, 1 em cada 3 intoxicações que ocorrem no país têm como causa remédios.

"Quando o assunto é a nossa saúde, toda atenção é pouco. E quando o cuidado com a saúde envolve o uso de medicamentos, essa atenção deve ser dobrada. É comum ouvirmos dizer que o medicamento pode ser isento de prescrição, mas não é isento de risco. As interações são possíveis e as intoxicações podem ser as mais variadas", alerta Lorena Baía, presidente do Sindicato dos Farmacêuticos de Goiás.


Fonte: agora.uol.com.br

Tags: automedicação de fim de ano é perigosa e pode piorar sintomas