publicidade

notícias

14.11.2017 - 19:57   por Por Raul Rodrigues

A Guerra a ser travada entre os maiores partidos do país em 2018

Os Exércitos de correligionários partidários podem desbancar as atuais pesquisas .

As pesquisas indicam uma disputa entre Lula e Bolsonaro nas eleições presidenciais de 2018. Já a reuniões dos partidos dizem que a disputa será entre o PT/PMDB e o PSDB com seus aliados.

De fato Bolsonaro aparece bem avaliado neste momento, mas quando as arrumações de partidos e palanques se firmarem em caráter definitivo, o PT?PMDB mais alguns nanicos tomará as rédeas da campanha majoritária por meio do nome do ex-presidente Lula, ainda hoje a maior força política no Brasil.

Por sua vez, o PSDB enfrentando o PT desgastado, porém salvo pelo nome do Lula terá como aliado uma parcela significativa do PMDB – maior partido em número de governadores, prefeitos e vereadores espalhados pelo país a fora, o que se torna um grande obstáculo para o tucanato, que na busca por uma melhor condição buscará também alianças com partidos nanicos que lhe dê sustentação para a disputa, além de tentar resgatar a dignidade do partido ferida pelo senador Aécio Neves, após os fatos revelados pela Lava-Jato.

Em resumo, será a luta do PT enlameado pelas descobertas da corrupção sistêmica em órgãos governamentais de todas as esferas, contra um PSDB marcado por uma série de erros cometidos e de conhecimento público por parte da sua maior estrela – até 2014 – o senador Aécio Neves que teve nada menos que dois pedidos de prisão feitos por membros do Supremo Tribunal Federal – STF – nos últimos meses.

Já o PMDB buscará forças em sua área interna, governadores, prefeitos e vereadores que irão à luta em busca dos votos dos brasileiros em cada recanto deste imenso país.

Aí, se tudo correr dentro da natural linha desenvolvida pelos partidos, Bolsonaro, Marina e tantos outros continuarão sendo figurantes das eleições presidenciais.

Caso o eleitor resolva se libertar da cúpula política do Brasil, os Caciques de cada estado da federação, seguindo a ampla divulgação dos atos desonestos de cada um deles, as chances crescem justamente para denominados figurantes.

É esperar para ver como se comportarão os partidos e os nomes dos principais políticos, mesmo que mais sujos que pau de galinheiro. 
 


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: a guerra a ser travada entre os maiores partidos do país em 2018

comentários

deixe seu comentário

publicidade

facebook

@correiodopovoal

Correio do Povo Alagoas © 2012. Todos os direitos reservados