publicidade

notícias

12.11.2017 - 17:33   por Redação

Após 2º dia do Enem, candidatos em Maceió avaliam que intervalo de uma semana ajudou no desempenho

Neste domingo, foram aplicadas as provas de Ciências da Natureza e Matemática. Assim como no primeiro dia, estudantes criticam os enunciados longos.

s candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste domingo (12) em Maceió saíram deste segundo dia aliviados com o desempenho nas provas. A maioria avaliou que o intervalo de uma semana ajudou, já que estavam com a mente mais descansada.
Até o ano passado, o Enem era realizado em um único fim de semana, em dois dias seguidos. Desta vez, a primeira etapa foi realizada no dia 5, com as provas de Ciências Humanas, Linguagens e Códigos e Redação. Nesta segunda etapa, foi a vez de Ciências da Natureza e Matemática.
A candidata Caroline Bugari, 30, fez a prova em uma das escolas localizadas no Centro de Estudos e Pesquisas Aplicadas (Cepa), no bairro do Farol, e conta que também achou bem melhor o exame não ser feito em um único fim de semana. “Achei muito bacana. Se fosse tudo junto, seria bem mais cansativo”.
Ela é formada em administração e fez o Enem deste ano para ter mais experiência, e quem sabe, conseguir uma aprovação no curso de ciências contábeis ou direto.
“Não fazia a prova desde 2008, ou seja, 10 anos. Queria outro curso para complementar minha profissionalização ou paralelo, que seria direito".
Ela diz que sentiu muita dificuldade na área de exatas. “Muitas questões pediam o uso de fórmulas, e eu não lembrava, já que concluí o ensino médio há muito tempo e não me preparei este ano. Senti que meu desempenho foi bem melhor no primeiro dia”.
Caroline Bugari, 30, tenta uma vaga em contabilidade ou direito (Foto: George Arroxelas/G1) Caroline Bugari, 30, tenta uma vaga em contabilidade ou direito (Foto: George Arroxelas/G1)
Caroline Bugari, 30, tenta uma vaga em contabilidade ou direito (Foto: George Arroxelas/G1)

Os amigos Marcelo Firmino, 32, e Lidiane Santos, 28, fizeram o exame na mesma escola, e têm opiniões divergentes sobre a prova não ser realizada no mesmo fim de semana.

“Se quiser viajar, eu fico preso por conta do Enem. Gosto de resolver o problema na hora. Mas ainda assim, achei mais tranquilo que o ano passado”, diz Firmino. Ele trabalha com turismo e busca a aprovação no curso de direito.

Já a técnica de saúde Lidiane diz que ter uma semana de descanso é muito bom. “Fiquei com a mente bem mais descansada”.

Ela tenta ser aprovada em algum curso na área de saúde para ter sua graduação, e lamenta que o trabalho atrapalhou seu o horário de estudo. “Tentei usar todo o conhecimento que eu já tinha e lembrava. Minha rotina é corrida”, explica.

Quem também achou melhor esse novo formato na aplicação do Enem foi o operador de caixa Donino

Alves, 39. Essa é a terceira vez que ele presta o exame, e torce para ser aprovado em ciência da computação.

“Apesar dos textos longos, acredito que dê para tirar uma nota boa. Não estudei muito biologia, então senti muita dificuldade. Espero que o Ministério da Educação decida que o próximo ano seja dessa mesma forma, sem ser no mesmo fim de semana. Tive dias para relaxar entre as fases e fiquei muito grato por isso”, conclui Alves.

Os namorados Suellen Souza, 18, e Matias Torres, 19, se prepararam para as provas através de videoaulas na internet (Foto: George Arroxelas/G1) Os namorados Suellen Souza, 18, e Matias Torres, 19, se prepararam para as provas através de videoaulas na internet (Foto: George Arroxelas/G1)

Os namorados Suellen Souza, 18, e Matias Torres, 19, se prepararam para as provas através de videoaulas na internet (Foto: George Arroxelas/G1)

Os namorados Suellen Souza, 18, e Matias Torres, 19, se prepararam para as provas através de videoaulas na internet. Eles gostaram das questões abordadas e aprovam a mudança no formato aplicado pela primeira vez.

“Com essa semana tivemos tempo para rever assuntos e isso ajudou muito”, conta Suellen, que também falou sobre uma situação inusitada que aconteceu na sala onde fez a prova de hoje.

“Ouvi o som de roncos e percebi que uma menina da minha sala havia caído no sono durante a prova”, comenta. Ela quer cursar enfermagem, e o namorado, educação física.


Fonte: G1 AL

Tags: após 2º dia do enem - candidatos em maceió avaliam que intervalo de uma semana ajudou no desempenho

comentários

deixe seu comentário

publicidade

facebook

@correiodopovoal

Correio do Povo Alagoas © 2012. Todos os direitos reservados