publicidade

Publicidade

notícias

15.07.2017 - 09:53   por Redação

Lojas e bares devem ter trabalho por hora

Fruto da reforma Trabalhista

As contratações de fim de ano para atender a demanda do período de festas deverão ser o primeiro teste da reforma trabalhista, publicada ontem no "Diário Oficial da União", com a adoção do contrato de trabalho por hora, na recém-criada jornada intermitente, para as vagas temporárias.

Tradicionalmente, o setor de comércio e serviços amplia a equipe por meio de contratos temporários, que têm prazo determinado, ou informalmente, valendo-se dos chamados "extras"–trabalhadores que prestam serviço sem registro.

Com a reforma, as empresas poderão empregar funcionários apenas pelo período em que efetivamente precisarem deles, ou seja, por algumas horas ou dias na semana, por exemplo.

Nesse modelo, o funcionário tem a carteira assinada e deve receber todos os direitos proporcionais ao período trabalhado.

"Para o final de ano, o contrato intermitente vai ser o principal modelo adotado. A gente sabe que no fim de semana sempre tem um movimento maior", diz Valquiria Furlani, coordenadora do departamento jurídico do Sindilojas-SP (sindicato dos lojistas de rua).


Fonte: agora.uol.com.br-FSP

Tags: lojas e bares devem ter trabalho por hora

comentários

deixe seu comentário

publicidade

facebook

@correiodopovoal

Correio do Povo Alagoas © 2012. Todos os direitos reservados