POLÊMICA

Liberação dos remédios para emagrecer divide os médicos

Divergências entre classe médica

02/07/2017 por Emerson Vicente

A Câmara dos Deputados aprovou no último dia 20 a lei que libera a produção e a comercialização dos remédios inibidores de apetite contendo as substâncias sibutramina, anfepramona, femproporex e mazindol.

A lei revoga a proibição feita pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que diz não haver comprovação da eficácia das substâncias. A exigência da receita médica foi mantida.

A polêmica divide os médicos. Uma parte é favorável à liberação, enquanto outra aponta um grande erro.


Fonte: agora.uol.com.br

Tags: liberação dos remédios para emagrecer divide os médicos