publicidade

notícias

18.05.2017 - 00:58   por Redação

Flamengo leva virada do San Lorenzo no fim e está eliminado da Libertadores

Com requintes de crueldade, Rubro-Negro perde jogo no último minuto e vê sonho do torneio continental ruir em Buenos Aires. Vitória do Atlético-PR, no Chile, selou o adeus

O JOGO
Só uma entre várias combinações de resultados eliminava o Flamengo na fase de grupos da Libertadores. E foi justamente o que aconteceu, com requintes de crueldade, em Buenos Aires. Em uma noite que todo torcedor rubro-negro vai querer esquecer, a equipe do técnico Zé Ricardo foi derrotada por 2 a 1, de virada, e deu adeus pela terceira vez consecutiva ao torneio continental na fase de grupos. A vitória do Atlético-PR sobre o Universidad Católica, no Chile, selou o destino amargo da equipe no Nuevo Gasómetro.

A virada veio apenas aos 47 minutos do segundo tempo. Pouco depois que, no Chile, os Atlético-PR conseguia o gol da vitória. Mesmo com o gol no primeiro tempo, o que se viu em Buenos Aires foi um Flamengo dando campo para o San Lorenzo criar e assustar: acabou punido. Com o resultado, a equipe terminou no terceiro lugar do grupo 4.

PRÊMIO DE CONSOLAÇÃO
Como terminou em terceiro do grupo, o Flamengo vai disputar a Copa Sul-Americana. O time entra na segunda fase da competição e o sorteio do mata-mata acontecerá no dia 2 de junho.

PRIMEIRO TEMPO
Em casa e precisando mais da vitória, o San Lorenzo fez o que se esperava no começo de jogo. Pressionou bastante. Contou com muitas faltas próximas perto da área para assustar, mas ainda não conseguia precisão para fazer valer a iniciativa. O Flamengo ia cortando tudo - com Guerrero ajudando lá atrás. O destaque dos donos da casa foi uma jogada que acabou sobrando com Ortigoza perto área. Ele cruzou da esquerda, e a bola sobrou com Márcio Araújo, que assustou mandando de cabeça por cima do gol de Muralha. Passado o susto, parecia que era a hora de brilhar a estrela de novo Rodinei.

Coube ao personagem dos últimos jogos decisivos para o Flamengo abrir o placar aos 14 minutos. Após escanteio cobrado por Everton, Blandi tirou de cabeça e a bola sobrou para Rodinei. O camisa 2 arriscou de fora e colocou no canto direito do goleiro Navarro: 1 a 0. Precisando reverter o resultado, os argentinos continuaram levando perigo na bola aérea até o fim da etapa. O Fla, através de sua defesa, continuou afastando. 

SEGUNDO TEMPO
O San Lorenzo voltaria ainda mais ofensivo para o segundo tempo, e o Flamengo aceitava e chamava o adversário para seu campo de defesa o tempo todo. Inicialmente, os resultados de momento eliminavam os donos da casa. Ortigoza continuava destribuindo as jogadas no ataque e ajudava sua equipe a aparecer com frequência perto ou dentro da área rubro-negro. Esbarravam, até então, no que parecia uma boa noite da dupla Vaz e Réver.

As ofensivas dos argentinos continuavam e acabaram surtindo efeito. Aos 29 da segunda etapa, o San Lorenzo empatou. Após o jovem Matheus Savio afastar a bola de forma errada, Barrios ganhou a jogada e cruzou para o zagueiro Angeleri, livre na área, colocar no canto do goleiro Muralha.

O CASTIGO
O jogo ganharia contornos mais dramáticos não pelo que acontecia em Buenos Aires, mas sim pelo resultado em Santiago do Chile. Em jogo de cinco gols, o Atlético-PR venceu a Universidad Católica: O Rubro-Negro não poderia mais perder. Aos 44, o primeiro susto, com Muralha fazendo o que poderia ter sido uma importante defesa na cabeçada de Carruzzo. A punição, no entanto, veio aos 47: após nova ofensiva de ataque do time argentino, Belluschi dominou no na área e conseguiu o chutar após bate-rebate na área: era o gol da eliminação. 


Fonte: GloboEsporte.com

Tags: flamengo leva virada do san lorenzo no fim e está eliminado da libertadores

galeria de fotos

comentários

deixe seu comentário

publicidade

facebook

@correiodopovoal

Correio do Povo Alagoas © 2012. Todos os direitos reservados