publicidade

Publicidade

notícias

01.05.2017 - 12:54   por Por Raul Rodrigues

1º de Maio de 2017: dia do trabalhador em um Brasil de 14,2 milhões de desempregados!

O que comemorar se até o homem do campo não tem apoio dos governos na hora certa?

O que comemorar no Dia do Trabalhador de 2017 se no Brasil existem 14,2 milhões de desempregados pela crise econômica – na verdade crise moral e ética – da classe política?

O que comemorar no Dia do Trabalhador em Alagoas se a monocultura canavieira desemprega na data de hoje a grande maioria do setor que já manteve aquecida a economia do estado?

O que comemorar no Dia do Trabalhador em Penedo se os quinhentos que seguiram de perto ao prefeito reeleito, Március Beltrão, estão à beira da frita geral pelo abandono a eles imposto pelo Senhor dos Anéis que se mantém frio e calculista quanto ao dia em que irá precisar deles novamente? Agosto de 2018.

O que comemorar no Dia do Trabalhador de um município que se manteve em greve na educação durante cinco meses consecutivos sem nenhum tipo de resposta ou respeito do gestor municipal?

O que se comemorar no Dia do Trabalhador de 2017 se os nomes da corrupção que levou ao Brasil à bancarrota serão candidatos novamente em 2018 para renovarem seus mandatos, ante a justiça sabedora de tudo, porém impotente por falta de provas cabais em forma de documento, cujas delações não servem de fato concreto?

O que comemorar no Dia do Trabalhador de 2017 em um país que os três poderes estão contaminados pelo corporativismo defensor de todos, ou pela participação de membros de todos nas noites frias dos acordos ou da lei da chantagem imperando no exato momento da decisão correta e justa?

De fato, não temos muito a comemorar.


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: 1º de maio de 2017: dia do trabalhador em um brasil de 14 - 2 milhões de desempregados!

comentários

deixe seu comentário

publicidade

facebook

@correiodopovoal

Correio do Povo Alagoas © 2012. Todos os direitos reservados