publicidade

Publicidade

notícias

16.04.2017 - 12:48   por Por Raul Rodrigues

Política é a arte do Demônio assistida por Deus! As amostras estão chegando.

Local do incidente foi reconstruído na gestão Március Beltrão.

Caminhão atolado

Tenho definido política – a praticada pelos maus políticos – como sendo a arte do Demônio assistida por Deus. E a cada dia me convenço mais que estou certo. Deus tem nos mostrado o quanto que os maus políticos têm agido de má fé com o bem público.

Em Penedo Deus tem mostrado das mais variadas maneiras o quanto que a população vem sendo enganada pelas autoridades constituídas – eleitas pelo povo – ou ao serem convidadas para assumirem cargos de relevância no município, mais precisamente na cidade. Os povoados ficam esquecidos por essas autoridades até o dia das eleições.

Nada pode ser mais convincente da má fé de quem administra Penedo e também de quem realiza obras em Penedo do que os serviços realizados na Orla da cidade. São obras em sequência que desafiam ao mais leigo no assunto da construção. Quando uma obra cede, cai ou fica rachada não se precisa de um técnico – engenheiro – para se constatar que houve falhas na obra. E Penedo está repleta desses exemplos.

A obra de requalificação do largo do São Gonçalo tem sido uma prova inconteste do que estamos a escrever e descrever. São várias as vezes que se “termina” a obra e depois, abre-se o canteiro de obras para pequenos ou grandes reparos. Às vezes a rua inteira é retirada toda a sua pavimentação – caso da Rua Siqueira Campos – trecho da antiga Importadora Tavares até as Lojas Dianas, isto sem se falar ou escrever o primeiro trecho da Associação Comercial até o cruzamento com a citada rua.

Para completar o nosso raciocínio, citamos a Orla – Praça 12 de Abril – escavada e “compactada” pelosa menos três vezes nos últimos seis anos. Ontem o caminhão do lixo afundou uma das suas rodas – pneus – exatamente no trecho citado. Trecho este aberto, “compactado e curado” na gestão Március Beltrão – 2013-2016 – cujas imagens mostram as obras.

Então perguntamos: de que está sendo feita esta obra? De acúmulo de erros não fiscalizados? Se a resposta for sim, erros de quem contrata(a prefeitura), de quem executa(empresa), e de quem não fiscaliza(a prefeitura).

Com a resposta as partes envolvidas. O espaço está aberto e garantido.


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: política é a arte do demônio assistida por deus! as amostras estão chegando.

galeria de fotos

comentários

deixe seu comentário

publicidade

facebook

@correiodopovoal

Correio do Povo Alagoas © 2012. Todos os direitos reservados