Tecnologia

Chromebook Pixel: o notebook com tela retina sensível ao toque do Google

Notebook será um grande concorrente do MacBook Pro de 13 polegadas.

22/02/2013 por Andrew Tarantola-- Gizmodo

Até agora, os Chromebooks não eram muito alem de netbooks elegantes; dispositivos com pouco poder voltado para novatos em tecnologia. Mas o Chromebook Pixel com tela de 13 polegadas sensível ao toque, com a tecnologia retina e bastante poderoso, no entanto, parece ser mais do que isso. E ele deve ser o suficiente para fazer a Apple tremer pelo menos um pouco. Isso até você descobrir o seu preço.

Desenvolvido pela Lenovo, o Pixel é feito de alumínio anodizado e feito para trabalhar na nuvem. Em vez da tradicional resolução 16:9, o Pixel foi otimizado pra ver conteúdo de internet com resolução 2560×1700 em 3:2 – que dá 18% mais de espaço vertical que a configuração tradicional 16:9. São 4,3 milhões de pixels no total, 239 por polegada – mais do que os 227 ppi do MacBook Pro de 13 polegadas retina. Ele também tem tecnologia Gorilla Glass e funciona como touch screen capacitiva.

O Pixel tem teclado, slot SD, duas portas USB e três microfones integrados que não apenas anulam o barulho e fundo durante videoconferências na webcam 720p como também atenuam o barulho gerado quando você aperta as teclas do teclado. Como outros trackpads modernos, o do Pixel consegue identificar scrolling natural e gestos com vários dedos.

Ele roda com um processador Intel Core i5 e pode ter 32 ou 64 GB de armazenamento SSD. Se isso não for o suficiente para você, o Google oferece 1 terabyte no Google Drive por três anos. Encontrar uma conexão com a web é possível com o receptor Wi-Fi ou uma conexão LTE opcional.

O Pixel conta com todo o pacote de apps do Google pré-instalado e ainda tem outros milhares disponíveis pela Google web Store. Ele também conta com edição de texto e planilhas direto do browser graças à integração com o Quick Office, atualizações em plano de fundo e serviços de segurança pré-instalados.

Um laptop com hardware poderoso não é algo que o Google já experimentou antes, mas os recentes hardwares bem sucedidos da empresa – os Nexus 4, 7 e 10 – nos dão altas expectativas para o Chromebook Pixel. O Google já nos mostrou que é capaz de escolher os parceiros certos para criar suas máquinas dos sonhos. Mas, por outro lado, está cobrando muito dinheiro por algo que roda apenas o Chrome OS e tem todas as limitações do sistema.

O modelo de 32GB e Wi-Fi é vendido por US$ 1.300, enquanto a versão maior com 64GB e 4G custará US$ 1.450 quando começar a ser vendida em abril. Ambos estarão disponíveis na Google Store e em algumas lojas da Best Buy.


Fonte: Msn