"Licitações"

Licitações são nroamis, mas nessa quantidade...

Outros 35 processo licitatórios foram abertos

28/11/2012 por Gabriela Flores

Na reta final de gestão, o atual prefeito Cícero Almeida parece estar com muita pressa para aprovar uma série de projetos licitatórios. Só nos últimos dois meses foram publicados no Diário Oficial do Município (DOM) mais de 35 processos licitatórios, estando muitos deles com inexigibilidade de licitação, termo este que reporta à liberação de processo licitatório.

Jà aqueles em que está aberta a concorrência com valor publicado o montante gira em torno de R$ 2.656.016,58.

Nas publicações dos últimos sessenta dias observa-se que estão para ser construídas dezesseis creches / pré-escolas. Também estão contemplados no processo serviços como aquisição de gás liquefeito, vales refeição, sacos para lixo, impressão de provas, projeto de segurança contra incêndio e pânico do Mercado da Produção, serviços de telefonia fixa de longa distância nacional e internacional, minimodens USB, tablets entre outros.

Dentre as publicações algumas chamam a atenção seja pelo serviço ou pelos valores cobrados. A portaria 11/10 institui a nova comissão permanente de licitação de obras e serviços de engenharia. No que depender das publicações dos últimos dias no DOM essa comissão terá muito serviço pela frente.

Obras

A Secretaria Municipal de Educação publicou edital de contratação de empresa do ramo da construção civil, obras e construção de quadra escolar coberta com palco. A obra será executada na escola municipal Suzel Dantas, no valor de R$ 480 mil.

Outra reforma licitada é a obra de ampliação da escola Pedro Barbosa Júnior, em Cruz das Almas, que deverá ser executada num prazo de quatro meses no valor de R$522.232,37.

Segundo as licitações de novembro, será construído no bairro da Cambona o prédio da escola Tenente Madalena e o Bairro do Benedito Bentes II, ganhará uma unidade escolar no Loteamento Bela Vista II. As duas obras estão orçadas num total de R$ 1.231.784,20.

Valores

Também com inexigibilidade de licitação a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), licitou neste mês a contratação de empresa especializada para acompanhamento e assessoria jurídica e técnica especializada na área de transportes. Serviço este orçado em R$ 182 mil.

Ainda a SMTT licitou a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, por um período de seis meses, onde pela prestação de serviços postais receberá um montante de R$240 mil, ou seja $40 mil por mês.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura, também dispensou de licitação o processo 19/10 onde o órgão solicita a compra 1.400 garrafões de água, com 20 litros cada um. O valor da compra é de R$ 5.880,00, o que num prazo estimado de sessenta dias, daria uma média de 23 garrafões por dia a serem consumidos na referida secretaria.

O procurador da fazenda municipal, Marcos Rômulo disse ao CadaMinuto que o prefeito pode publicar licitações até o último dia de mandato.

“Quando o novo gestor assumir, em janeiro de 2013, se assim desejar pode auditar os processos existentes e se forem encontradas irregularidades tomar as medidas cabíveis na lei”.

A equipe do prefeito eleito Rui Palmeira não quis se manifestar sobre o assunto e informou que estárecebendo todos os dados da equipe de transição do atual prefeito.
 


Fonte: Cadaminuto