Apagão

Quedas do potencial energético

Líder comunitário denuncia prejuízos causados pela falta de energia

20/11/2012 por Danielle Silva e Railton Teixeira
Silvanio Barbosa se reuniu com representantes da Eletrobras

O prefeito comunitário do Benedito Bentes, Silvanio Barbosa, eleito vereador por Maceió, procurou a Eletrobras Distribuição Alagoas, na tarde desta terça-feira, 20, para pedir esclarecimentos acerca dos serviços prestados pela empresa na região do Complexo Benedito Bentes.

Segundo Barbosa, o bairro vem sofrendo com o desabastecimento de energia, quedas frequentes e, além disso, ainda tem que conviver com a manutenção programa, situações que estão causando transtornos e prejuízos aos moradores e comerciantes do local. “O desligamento nunca ocorre na hora programada, pega a população desprevenida e causa prejuízos”, disse o líder comunitário.

Barbosa aproveitou a reunião para manifestar sua preocupação com moradores do conjunto Joana Gajuru, localizado no complexo. Segundo ele, a prefeitura de Maceió teria iniciado a construção das casas do conjunto e abandonado. Não demorou para que aparecesse gente para invadir as casas. Segundo ele, dezenas de pessoas estão morando no local que está repleto de ligações clandestinas, os chamados “gatos”.

“Tenho medo que as gambiarras feitas pelos moradores possam causar acidentes e por as vidas das pessoas de lá em risco”, disse.

Outro problema apresentado pelo prefeito foi a sobrecarga na subestação de energia elétrica do Benedito Bentes. “Atualmente essa subestação está trabalhando 70% acima da sua capacidade. Estávamos esperando que o problema fosse resolvido com a construção da subestação da Serraria, mas, nunca ficou pronta”, desabafa.

O assessor da direção da Eletrobras, Fernando Amaral se comprometeu em informar a população sobre os desligamentos com 72 horas de antecedência e cumprir o horário de manutenção estabelecido. Outra medida garantida pela Eletrobras diz respeito aos clandestinos. O assessor informou que as equipes já estão avaliando a situação no conjunto Joana Gajuru e continuam intensificando o trabalho de combate às ligações clandestinas em toda a cidade.

Amaral e Silvanio Barbosa firmaram um acordo para garantir que, pelo menos em dezembro, não haja desligamento de energia programado, para evitar mais perdas no comércio local, já que é a época em que a população mais compra. O desligamento somente será efetuado se houver grande urgência.

Enquanto isso, a Eletrobras disse que está realizando um raio-X na rede elétrica de Maceió para evitar desabastecimento.

Quedas

O Alagoas24Horas aproveitou para questionar ao assessor da presidência da Eletrobras sobre as constantes quedas de energia que estão sendo denunciadas por moradores de vários bairros de Maceió. Ele explica que são consequência do vento Nordeste que está afetando o litoral alagoano e causando quedas de árvores sobre a rede elétrica e também rompimento de fiações antigas.

“A Eletrobras está intensificando o trabalho para evitar essas quedas e substituindo a rede antiga por uma nova e compacta, mais resistente, inclusive, à água”, garantiu.

Barbosa concluiu a entrevista dizendo que, caso as reivindicações não sejam atendidas entrará com ação no Ministério Público Federal.


Fonte: Alagoas24horas